empresa

banner_sede_cermc

Dimensão Geral


Em 1962 um grupo de pequenos agricultores da zona rural dos Bairros de Pindorama, Aroeiras, Barroso, Quatinga e 5º Divisão do município de Mogi das Cruzes e Suzano, uniram e formaram a COOPERATIVA DE ELETRIFICAÇÃO com supervisão técnica e administração do DAEE – Departamento de Águas e Energia Elétrica, órgão do governo estadual com objetivo trazer a energia elétrica para 247 famílias. Em 14 de novembro de 1964, foram energizados as redes elétricas de distribuição, sendo assim concretizado o sonho das 247 famílias da região.

Em 04 de maio de 1966, através do despacho do Diretor do DNAEE – Departamento Nacional de Água e Energia Elétrica, órgão do governo federal, autorizou o seu funcionamento.
Em 06 de julho de 1975, a Portaria no 70 do DNAEE – Departamento Nacional de Água e Energia Elétrica autorizou a levar energia elétrica ao Bairro rural do Município de Suzano, denominado Chácara Duchen.

Mensagem da Administração

Ao termino do exercício de 2011 podemos celebrar algumas conquistas juntamente com Colaboradores e cooperados/usuários da CERMC, sendo uma delas a certificação da NBR Isso 9.001 e 10.002. Com a certificação a CERMC tem como compromisso buscar eficiência e garantir a melhoria continua em seus indicadores individuais e coletivos; diretrizes para tratamento de reclamações que busca a eficiência nos serviços de distribuição de energia elétrica; para esse trabalho a CERMC em 2011 fez um grande investimento na capacitação de seus colaboradores.
Com a preocupação em atender 1930 ligações entre cooperados e usuários, distribuídas em dois municípios, sendo eles; Mogi das Cruzes e Suzano no ano de 2011 a CERMC buscou a satisfação de seus clientes na melhoria da qualidade e no atendimento, mesmo com todas as dificuldades que os novos usuários enfrentaram para adquirir autorização de ligação de energia elétrica, devido a área de permissão da CERMC pertencer a uma área de proteção manancial (Lei no 898 de 18/12/1975), nos buscamos atendê-los com a maior eficácia possível, entretanto procuramos o equilíbrio financeiro com redução dos custos operacionais sem a perda nos serviços prestados, pois não ha aumento na receita proveniente de novas ligações devido a dificuldade dos novos usuários em obter a documentação necessária do órgão ambiental – CETESB.
Para finalizar a CERMC sempre busca o conceito do cooperativismo, no intuito a uma sociedade justa, com uma estrutura organizada, em obter os melhores resultados da administração, com capacitação e aperfeiçoamento constante de seus colaboradores em cumprimento ao sistema e a legislação vigente da ANEEL – Agencia Nacional de Energia Elétrica, aplicáveis as expectativas de seus Cooperados/Usuários.

 

A Empresa – Perfil, Missão, Visão, Princípios e Valores, Organização e Gestão.

Perfil


A CERMC e uma sociedade cooperativista regida pela Lei 5.764 de 16/12/1971 e pelo seu Estatuto Social. Recebeu a chancela de permissionária para prestação do serviço publico de distribuição de energia elétrica da ANEEL – Agencia Nacional de Energia Elétrica, com a assinatura do contrato de permissão no 006/2008 ANEEL do dia 20 de junho de 2008, secção 3, pg. 102, V.145, no 120.
Em 31.12.2011, o capital social e de R$ 1.134.181 (reais mil) e composta de 1.151 (hum mil cento e cinqüenta e um) cooperados.

Princípios e Valores


· Ética
· Responsabilidade
· Segurança
· Qualidade
· Transparência
· Sustentabilidade

Organização e Gestão


A Cooperativa de Eletrificação e Desenvolvimento da Região de Mogi das Cruzes e uma permissionária para prestação de serviços publico de distribuição de energia elétrica regulada pela ANEEL – Agencia Nacional de Energia Elétrica.

As principais atividades são: Projetos e Construção de Linhas e Redes, Operação e Manutenção de Linhas e Redes, Estudo de Mercado que Envolve Compra e Venda.

Atividades de apoio são: Suprimento de Materiais de Informática e Telecomunicação e Serviços de Apoio.

Desde sua fundação tem-se esforçado para fornecer serviços de qualidade e para tal conta com participação efetiva dos seus colaboradores.
Para conseguir total engajamento dos colaboradores, a Cooperativa tem oferecido cursos, treinamentos e palestras, tais como:

– Eletricidade;
– Segurança e medicina no trabalho;
– Cursos específicos das áreas
– Cursos oferecidos pela Federação das Cooperativas de Eletrificação Rural do Estado de São Paulo – FECOERESP;
– Cursos oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo, SESCOOP/SP.